Se a resposta for não, acompanhe os próximos parágrafos. Se a resposta for sim, ótimo! Aproveite e multiplique sua prática e atitude.

Apesar da obrigatoriedade do poder público em divulgar a medida, e da conformidade legal do comerciante e fabricante, o consumidor acaba assumindo o papel principal no que diz respeito ao correto descarte de lâmpadas no Brasil. Enquanto não descobrirmos como os fabricantes estão se responsabilizando pelas lâmpadas que já não servem mais, bem como entendermos o correto processo da logística reversa, o jeito é encontrarmos lojas que aceitem e as destinem de forma ambientalmente adequada.

descarte

Por que descartar corretamente?

As lâmpadas fluorescentes possuem componentes tóxicos que, ao serem descartadas no lixo comum, podem contaminar pessoas, animais, o solo e a água. Dentro delas estão o mercúrio e o chumbo. Estes componentes químicos são muito perigosos à saúde, e o contato excessivo pode provocar náuseas, dor de estômago, entre outros sintomas. Na água, o contato com mercúrio pode contaminá-la, deixando-a imprópria para o uso. Vale destacar que o problema maior não é devido à quebra de uma lâmpada isolada, mas se considerarmos que a maioria das pessoas descarta este tipo de produto no lixo comum, esses materiais passam a oferecer riscos.

Contudo, as lâmpadas também não devem ser separadas junto aos materiais recicláveis para coleta seletiva, já que o processo de reutilização e reciclagem é diferenciado e bastante específico.

http://www.naturalisbrasil.com.br

Faça como a nos da Difrare Móveis descarte suas lâmpadas corretamente para ajudar o planeta, preserva a natureza faz bem.

fotofinal2